João Francisco FIGUEIRA (n. 1968)

Arquiteto (FAUP, 1993), mestre (FAUP+FEUP, 1998) e doutor (TKK, 2009), é atualmente docente na Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa, onde lecciona projecto de arquitetura, urbanismo e interpretação da imagem. Estudou e realizou trabalho de investigação em Veneza (IUAV), Londres (Goldsmiths e LSE), Helsínquia (TKK), Paris (EHESS) e Tóquio (UT). Em Paris, frequentou a École des hautes études en sciences sociales, onde acompanhou o trabalho e estreitou relações com docentes como F. Lissarrague, C. Severi, G. Careri, M. Augé, J.-P. Colleyn, H. Belting, H. Damisch e em particular com G. Didi-Huberman, cuja "antropologia do visual", desenvolvida em estreito contacto com os legados de S. Freud e A. Warburg, têm vindo a desempenhar um papel determinante na sua perspectiva de investigação sobre a imagem.
A partir de 2009, com V. Silva e M. Mestre, lança o presente projecto Ymago.
A performance contemporânea constitui um essencial foco dos seus interesses, com especial enfoque em R. Castellucci, C. Marthaler e K. Warlikowski.
Também a partir de 2009 inicia colaboração na criação das obras da coreógrafa Marlene Monteiro Freitas.

[pt] [en] [fr] [de]



João Francisco FIGUEIRA, Laissez-vous toucher... A portrait by romeo Castellucci, Lisbon, KKYM, 2018. [excerto] [comprar]


João Francisco FIGUEIRA, Laissez-vous toucher... A portrait by romeo Castellucci, Lisbon, KKYM, 2018.
[ebook amazon kindle]
[ebook iBookstore]


João Francisco FIGUEIRA, Romeo Castelucci’s, Democracy in Lisbon, first impressions, Lisbon, 2018.