10 MELHORES ENSAIOS 2013

Georges Didi-Huberman, Atlas ou a Gaia Ciência Inquieta
, trad. R. C. Botelho e R. P. Cabral, Lisboa, KKYM+EAUM, 2013. [comprar]

O atlas warburguiano é um objecto pensado a partir [da] aposta de que as imagens, agrupadas de uma certa maneira, nos ofereceriam a possibilidade – ou melhor, o recurso inesgotável – de uma releitura do mundo. Reler o mundo: vincular de modo diferente os pedaços díspares, redistribuir a sua disseminação, um modo de a orientar e de a interpretar, é certo, mas também de a respeitar, de a remontar sem pretender resumi-la nem esgotá-la. (GDH, Atlas, p. 19-20.)